Crise econômica exige reforço na contabilidade


Anúncios de demissões, queda nas receitas e até mesmo encerramento das atividades de grandes empresas mostram que a crise econômica mundial exige atenção e estratégia dos empresários. Para enfrentar esse período de turbulência na economia, os empresários, especialmente os pequenos empreendedores, devem fortalecer a gestão financeira e contábil de seus negócios. “É mais fácil ser tomado de surpresa pela crise, quando você não mantém controles adequados de gerenciamento de sua empresa”, alerta Aloísio dos Santos, contador e sócio da MK Serviços Contábeis, de Florianópolis.

Um dos primeiros efeitos da crise é a redução de recursos financeiros no mercado. E, no Brasil, o acesso a empréstimos bancários já está mais restrito. Em outubro, o limite de crédito caiu 50% em relação a setembro. O prazo de financiamento também caiu pela metade e, em paralelo, cresceram as exigências de garantias. “Esta crise está provocando retração na economia e isto significa menos dinheiro no mercado, ou seja, menos vendas, menos serviços prestados”, resume Aloísio.

Apesar das dificuldades que devem surgir nesse período de instabilidade, o sócio da MK Serviços Contábeis acredita que o momento de crise pode ser uma boa chance para os empreendedores reavaliarem a saúde econômica e financeira de suas empresas. Para isso, a contabilidade é uma importante aliada. “Como toda crise, esta é uma ótima oportunidade para as empresas reverem seus procedimentos operacionais, suas políticas de venda, seu mercado, seus produtos, enfim, identificar soluções para diminuir o volume de saída de recursos da empresa e em contrapartida, manter ou aumentar o volume de entrada de recursos. Estas soluções podem estar dentro da contabilidade da empresa”, explica Aloísio.

Por reunir todas as informações da empresa e por funcionar até mesmo como um histórico das ações do empreendimento, a contabilidade assume papel estratégico para a análise dos passos a serem tomados durante a instabilidade econômica. “Através da contabilidade, a empresa registra todos os seus atos. Portanto, estes registros, possibilitam à empresa analisar todos os seus procedimentos e identificar possíveis soluções para enfrentar uma crise”, destaca Aloísio.

Do ponto de vista financeiro, de acordo com o contador, a solução é buscar o equilíbrio do fluxo de recursos financeiros ao longo do tempo. “O instrumento adequado é o fluxo de caixa, que permite identificar as necessidades de capital de giro”, orienta Aloísio. “O empresário deve considerar que em momentos de crise, além da redução das vendas, ocorre o aumento da inadimplência”, reforça.

Investor